Unidos pela tragédia, Torino e Chapecoense anunciam amistoso

Amistoso Torino e Chapecoense

Torino e Chapecoense serão protagonistas de um amistoso internacional, agendado para o dia 1º de agosto, na Itália, no estádio Olimpico Grande Torino. A informação foi divulgada pelo próprio site do clube italiano.

O compromisso marca a decisão da Sportpesa Cup, que é mais uma daquelas taças de pré-temporada na Europa. Além disso, o jogo também representa o aquecimento para o início do campeonato italiano, marcado para o dia 19 de agosto. Para a Chapecoense, por outro lado, a partida retoma os trabalhos após a pausa para a Copa do Mundo.

A ideia do amistoso entre Torino e Chapecoense surgiu após a tragédia sofrida pelo time brasileiro, em 28 de novembro de 2016. À época, a Chape disputaria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. No entanto, o avião que transportava a delegação, o LaMia, matrícula CP2933, caiu perto de Medelin. Dentre os jogadores, apenas Alan Ruschel, Neto e Follmann sobreviveram.

Por ter passado por algo semelhante no passado, o Torino foi o clube que mais se sensibilizou no mundo todo. Por isso, o time italiano será o anfitrião dos brasileiros, com presença confirmada de Allan Ruschel e Jakson Follmann.

Segundo comunicado do Torino, todo o valor arrecadado com o amistoso será convertido para a Chapecoense, para reconstrução do seu futebol.

Torino e Chapecoense: a tragédia que se repetiu

Confirmado o acidente com o avião da Chapecoense, o mundo do futebol enviou suas condolência e homenagens, quase instantaneamente. Na Itália, não foi diferente. A Roma, aliás, recebeu os brasileiros para um amistoso no estádio Olímpico, com direito a recepção de Francesco Totti.

O Torino não fez por menos. No jogo contra a Atalanta, o clube quebrou protocolo e tradição ao usar uma camisa verde, em alusão às cores da Chapecoense.

Mas qual o motivo de tamanha sensibilidade?

É inevitável para o torcedor do Torino não lembrar da tragédia de Superga. O nome se refere ao acidente de avião que matou todo o elenco, em 4 de maio de 1949. Na ocasião, o clube voltava de um amistoso realizado em Portugal, contra o Benfica.

À época, o Torino era a grande potência na Itália. O clube era líder na lista de campeões italianos, tendo vencido todas as edições da Serie A de 1942 a 1949. Além disso, boa parte do seu plantel preenchia o time titular da Azzurra.

Depois disso, o Torino voltaria a vencer o scudetto somente em 1976.

Comentários

Comentários