Conheça os maiores clássicos do campeonato italiano

Zanetti Maldini no derby della madonina

Os clássicos do campeonato italiano, dos mais ou menos importantes, são (de longe) os principais jogos da temporada. Ainda que as finais de Copa Itália e partidas mais decisivas da liga recebam holofotes, há jogos que os torcedores simplesmente não toleram derrotas. Esses confrontos, que normalmente propõem o enfrentamento de dois times da mesma cidade ou região, também são conhecidos como derbys do campeonato italiano.

De imediato, é impóssível falar dos clássicos e não pensar em Milan x Inter. Ou ainda em Roma x Lazio. Contudo, não só de rivalidades locais vivem os clássicos do campeonato italiano. Na Itália, acima de qualquer outro país com tradição futebolística, os confrontos entre rivais mobilizam torcida, imprensa e jogadores de forma colossal. 

O fato é que, do norte ao sul do país, na Serie A ou na Serie C, os clássicos são parte essencial do futebol italiano. Graças a eles, jogadores foram eternizados, para o bem e para mal, assim como campeões e até mesmo campeonatos.

De todo modo, ainda que a lista dos derbys seja longa, há um grupo restrito que pode ser classificado como os principais clássicos do campeonato italiano, que são:

Algo que seguramente não passa despercebido é o modo como esses jogos são batizados. As pessoas que não estão acostumadas à história futebolística da Itália talvez não os entendam. Contudo, há um motivo para eles serem chamados como são, e o motivo colabora ainda mais para prestígio e rivalidade entre os times.




O que significa a palavra derby?

O termo “clássico” é bem comum para as línguas latinas. Prova disso é a existência do El Clásico, entre Real Madrid e Barcelona, e qualquer outra rivalidade local no Brasil.

Por outro lado, a palavra “derby” não é tão popular assim em terras brasileiras. Ainda que a imprensa utilize-a para entitular algumas rivalidades, especialmente no estado de São Paulo.

Mas qual a diferença entre clássico e derby?

No campeonato italiano, e no mundo do futebol em geral, não há muitas distintições entre “clássico” e “derby”. Tudo porque ambas as palavras significam um jogo de grande destaque.

A versão mais aceita da origem do “derby” é fruto de iniciativa de Edward Smith-Stanley, o Conde de Derby. Em 1778, o aristocrata decidiu organizar uma corrida de cavalos em Londres. Dada a popularidade da edição inaugural, e das demais, o próprio evento passou a se chamar “Derby”.

O espírito competitivo das corridas logo foi transferido para outros esportes, como o futebol. Em pouco tempo, imprensa e torcida já estavam chamando de “derby” todo jogo de enorme rivalidade entre dois times de mesma cidade ou região.

Na teoria, então, clássico é o jogo importante entre dois times importantes. Já o derby, por outro lado, é a partida entre dois rivais locais, independente do tamanho e relevância do torneio e dos próprios clubes.

Apesar de tudo isso, no campeonato italiano, a palavra “clássico” é usada pouquíssimas vezes. Mesmo confrontos entre times de cidades diferentes recebem o nome de derby. Como o Derby D’Italia, entre Juventus e Inter.

De uma forma ou de outra, o uso do termo acabou impulsionando a “poesia” no futebol italiano. Isso porque, dificilmente um clássico do campeonato não recebe um nome. Seja por força da imprensa ou dos próprios torcedores, o batismo icônico “pegou” na Itália.

Boa parte deles, costumeiramente, leva o nome da própria cidade, como o Derby Di Sicilia. Ou então o nome de um cartão postal ou monumento importante, como o Derby Della Mole.

A tradição é válida para todos, do maior clássico do campeonato aos menores e menos conhecidos.

Qual é o maior clássico do campeonato italiano?

Clássicos do campeonato italiano - Etoo e Chiellini Derby D'Italia
Etoo e Chiellini em mais um Derby D’Italia (FIFA)

O maior clássico do campeonato italiano é determinado por meio da perspectiva de quem responde. Isto é, pergunte isso a torcedores de Roma, Lazio, Genoa e Sampdoria, e receba duas respostas diferentes. Com certeza.

Contudo, há formas e evidências para selecionar o derby de maior comoção na Itália.

O primeiro deles é o quesito torcida. Tirando o fator das rivalidades locais, o enfrentamento entre os times com maior número de torcedores, por si só, já oferece uma disputa pela supremacia nacional. Algo que é observado não somente na Itália, mas quase todos os outros países amantes de futebol.

No campeonato italiano, a Juventus é o time com a maior torcida. Segundo estudo da StageUp/Ipsos, publicado no CalcioFinanza em setembro de 2019, o time bianconero possui 8,7 milhões de torcedores. Depois dela, aparece a Inter com 3,9 milhões de fãs.

Então Juventus e Inter fazem o maior clássico da Itália?

Talvez. Isso porque, além de serem os clubes mais amados, eles protagonizam o Derby D’Italia. O batismo do clássico de tal maneira foi feito pelo jornalista Gianni Brera, nos anos 60. O motivo seria a enorme rivalidade, que cresceu naquela época pela disputa acirrada pelo scudetto: a Juve venceu 6 deles e a Inter outros 5.

Portanto, levando em consideração o número de títulos, de torcedores, da crescente rivalidade nos últimos anos, o Derby D’Italia é o maior clássico do campeonato italiano.

Qual é o clássico mais antigo do campeonato italiano?

Ao contrário da busca pelo maior clássico do campeonato italiano, a questão sobre o mais antigo deles tem uma resposta correta. E ela é o Derby Della Mole.

Sim, Juventus e Torino fazem o clássico mais antigo do campeonato italiano. É óbvio que há clubes mais velhos que os rivais de Turim, como o Genoa. Porém, os dois são os mais antigos a coexistirem e rivalizarem na Itália.

A Juventus foi fundada em 1 novembro de 1897. Já o Torino nasceu em 3 de dezembro de 1906. O primeiro jogo entre os rivais aconteceu em 13 de janeiro de 1907, e acabou em vitória do time granata por 2×1.

A data é importante para os dois times, mas igualmente relevante para a história da rivalidade no campeonato italiano. Ela marca o início de todas as rivalidades da liga, de uma ponta à outra da bota.

Os principais clássicos do campeonato italiano

Deixando de lado os adjetivos já abordados como “antigo” e “maior”, chegamos aos principais clássicos do campeonato italiano. Aqui, entenda-se, estão os confrontos que reúnem uma série de atributos, como: história, rivalidade, relevância nacional e internacional, torcida, entre tantos outros.

Porém, nenhum deles, sozinho, é fundamental para incluir ou excluir um time. Por exemplo: a lista inclui a Juventus, maior campeã da Itália, e o Palermo, que está há alguns anos distante da primeira divisão.

Embora alguns derbys contenham doses pesadas de ódio, como o Derby Della Capitale, Lazio e Roma não existiram sem o outro. Essa máxima vale para todos os outros clássicos:

Derby della Madonnina – Milan e Internazionale

Derby della Madonnina – Milan e Internazionale
A icônica foto de Materazzi e Rui Costa (Reuters)

O Derby Della Madonnina é o jogo que propõe o enfrentamento entre os dois maiores times de Milão: Milan e Internazionale.

Depois da Juventus, os dois times são os maiores vencedores do campeonato italiano. Como se não bastasse, também são os principais representantes da Itália em títulos internacionais – superam até mesmo a Juve.

O primeiro clássico entre Milan e Internazionale aconteceu em 10 de janeiro de 1909. De lá para cá, a cidade de Milão, brindada pelo futebol, foi pintada de vermelho, preto e azul.

Assim como observado em outros clássicos, o Derby Della Madonnina, tem duas particularidades:

  • o uso do mesmo estádio para os dois times, que se alternam na ocupação do San Siro, também chamado de Giuseppe Meazza;
  • o nome do derby, que presta homenagem à estátua da Madonnina, no principal cartão-postal de Milão

Clique aqui para saber mais sobre o Derby Della Madonnina

Derby d’Italia – Juventus e Internazionale

Derby d'Italia - Juventus Inter Del Piero Ronaldo
Del Piero e Ronaldo no Derby d’Italia (Reprodução)

O Derby D’Italia pode ser chamado de o maior clássico do campeonato italiano. Diferente de todos os outros da lista, este não tem como protagonistas dois times da mesma cidade: Juventus (Turim) e Internazionale (Milão).

O primeiro Derby D’Italia aconteceu em 14 de novembro de 1909, com uma vitória por 2×0 da Juventus.

O nome do clássico foi criação do jornalista Gianni Brera, que, nos anos 60, encontrou em tal definição o modo para resumir a superioridade de Juve e Inter no cenário nacional. À época, a dupla dominava e se alternava na conquista do campeonato italiano.

Daí em diante, as torcidas passaram a alimentar uma rivalidade digna daquelas regionais. Por um longo tempo, os dois times foram os únicos a nunca terem ido para a Serie B da Itália.

Clique aqui para saber mais sobre o Derby D’Italia

Derby della Capitale – Roma e Lazio

Derby della Capitale, quente como sempre (Reuters)
Derby della Capitale, quente como sempre (Reuters)

O Derby Della Capitale, também chamado de Derby Di Roma, é disputado por Roma e Lazio. Todos os os demais também estão envolvidos em questões políticas, mas não como este.

O primeiro Derby Della Capitale aconteceu em 8 de dezembro de 1929, apenas dois anos depois da fundação da Roma. O ódio quase instantâneo entre os dois clubes é carregado por uma disputa territorial sem fim. Isto é, em jogo sempre está o direito de se chamar dona da capital italiana.

Na história, a Lazio foi fundada primeiro. No entanto, uma recusa ao partido fascista de união com todos os times da capital em um só trouxe repercussões. A primeira delas foi o surgimento da Roma. A segunda, a alcunha de “camponeses” ou “não descendente” de Roma.

Clique aqui para saber mais sobre o Derby Della Capitale

Derby della Lanterna – Sampdoria e Genoa

Derby della lanterna (Reprodução)
Derby della lanterna (Reprodução)

O Derby Della Lanterna é o clássico do campeonato italiano protagonizado por Sampdoria e Genoa. Os dois clubes são os maiores representantes do futebol de Gênova.

A exemplo do Derby Della Madonnina, esta disputa tem duas singularidades:

  • o compartilhamento do emblemático estádio Luigi Ferraris, o principal de Gênova;
  • o nome do derby presta homenagem ao farol de Gênova, principal cartão-postal da cidade;

Embora os clubes tenham se distanciado ao longo da história, o Derby Della Lanterna acontece desde o ano 1946. Sampdoria e Genoa já fizeram o charmoso confronto regional até mesmo na Serie B.

Clique aqui para saber mais sobre o Derby Della Lanterna

Derby della Mole – Juventus e Torino

Derby della Mole (Reuters)
Derby della Mole (Reuters)

O Derby Della Mole, que oferece a disputa entre Juventus e Torino, já foi o mais importante da Itália. Tudo porque, em dado momento da história, os dois times de Turim eram as maiores potências futebolísticas do país.

Um atributo que se sustenta até hoje é o de o Derby Della Mole ser o clássico mais antigo da Itália. O confronto data de 1907, ainda que ele não tenha acontecido durante alguns anos.

Juventus e Torino não utilizam mais o mesmo estádio. Porém, o nome do derby é explicado pelo edifício Mole Antonelliana, símbolo da cidade de Turim.

Clique aqui para saber mais sobre o Derby Della Mole

Derby di Sicilia – Palermo e Catania

Derby di Sicilia – Palermo e Catania
Miccoli e Terlizzi em ação no Derby di Sicilia Sky Sports)

O Derby Di Sicilia reúne Palermo e Catania em um dos clássicos mais importantes do campeonato italiano. Ainda que a soma dos títulos dos dois times não tenha um scudetto sequer.

Alguns motivos explicam a presença do derby dentre os principais do país. O primeiro é que, desconsiderando os momentos de falência e renascimento, os clubes estão entre as primeiras fundações futebolísticas italianas. Surgidos no início dos anos 1900, Palermo e Catania acompanharam a onda de introduções que trouxe Juventus, Torino, Genoa e tantos outros.

Outra coisa: Palermo e Catania são representantes da Sicília, uma das regiões mais significativas da Itália. Situada no sul do país, ela não desfruta do poder econômico e político do norte. Contudo, a paixão pelo futebol é idêntica, senão maior.

Clique aqui para saber mais sobre o Derby Di Sicilia

Os clássicos menos conhecidos do campeonato italiano

Por fugirem do mais importante cenário do futebol italiano, alguns clássicos não ganham muito brilho, à primeira vista. No Brasil, não são todos os confrontos de grande rivalidade que ganham nomes. Já na Itália, quase todo confronto local recebe um título digno de poesia.

Por exemplo: quem imaginaria que Roma e Napoli seriam rivais? Mas são! A disputa entre os dois recebe o nome de Derby Del Sole – o derby do sol. Algo semelhante acontece com o jogo Palermo x Cagliari, o Derby Dell Isole – o derby das ilhas.

A tradição é tão forte e presente que, mesmo em confrontos de Series B e C, o batismo poético é observado. E isso não é esquecido com o tempo, mesmo quando os times passam anos sem entrarem em campo juntos.

Confira abaixo outros clássicos do campeonato italiano:

  • Derby Del Tronto: Ascoli x Sambenedettese
  • Derby Del Barese: Bari x Barletta
  • Derby Di Bergamo: Atalanta x AlbinoLeffe
  • Derby Del Lario: Como x Lecco
  • Derby Del Salento: Lecce x Gallipoli
  • Derby dell’Arno – Fiorentina e Empoli
  • Derby del Sole – Napoli e Roma
  • Derby della Scala – Hellas Verona e Chievo Verona
  • Derby delle Due Sicilie – Napoli e Palermo
  • Derby della Via Emilia – Bologna e Modena
  • Derby di Puglia – Bari e Lecce
  • Derby dell’Appennino – Bologna e Fiorentina
  • Derby delle Isole – Cagliari e Palermo
  • Derby dell’Emilia – Parma e Bologna

Comentários

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta