Locutor do Avellino anuncia 12 de acréscimo e clube leva multa

Locutor do Avellino no jogo contra o Perugia

O locutor do Avellino, que trabalha no estádio Partenio, protagonizou o grande momento da última rodada do campeonato italiano Serie B. O time da casa recebeu o Perugia e triunfou com uma vitória sólida por 2×0, com gols de Luigi Castaldo.

O resultado deu respiro para o Avellino, que chegou aos 39 pontos, sendo apenas 3 acima da zona de rebaixamento. Já o Perugia freou a escalada rumo aos play-offs para a Serie A, estacionando nos 53 pontos, na 6ª posição.

Relacionado: Conheça como funciona o rebaixamento e a promoção no italiano

A Serie B do campeonato italiano tem se mostrado cada vez mais excêntrica. O próprio Perugia já passou pelo absurdo de ver seu vestiário ser furtado no intervalo de jogo. Desta vez, foi o locutor do Avellino que aprontou.

Nos minutos finais da partida, o time da casa já tinha a vitória praticamente garantida. Contudo, para desagrado dos torcedores locais (e do locutor), o árbitro anunciou 7 minutos de acréscimo. Não é preciso dizer que toda a torcida protestou muito ao saber da decisão.

O que ninguém esperava era o sistema de som do estádio Partenio anunciar inacreditáveis 12 minutos de acréscimo. É claro que tudo não passou de um protesto com cargas pesadas de ironia. Entretanto, a brincadeira não acabou bem.

Locutor do Avellino pede desculpas, mas não escapa de multa

O tribunal de justiça desportiva da Serie B responsabilizou o Avellino pelo ocorrido. Conforme reporta o Sky Sport da Itália, a punição aplicada pela brincadeira foi uma multa no valor de mil euros.

Quase imediatamente, o Avellino emitiu uma nota pedindo desculpas pelo ocorrido. O curioso é que o texto não assume uma ironia fora de hora, mas sim um “problema de comunicação”. Confira na íntegra:

“No que diz respeito à multa imposta pela justiça desportiva pela comunicação do locutor no segundo tempo, o clube informa que o comunicado não quis representar falta de respeito com os árbitros, o público e as equipes. Tampouco a intenção do locutor de fazer ironia. Mas sim um erro de comunicação, do qual o autor da mensagem e o clube pretendem se desculpar.”

Comentários

Comentários

Top