Por que Higuaín decepciona e sempre vai decepcionar

Higuain sempre decepciona

20Um artigo com um título desses poderia começar citando a final da Copa do Mundo. Ou até qualquer outro momento decisivo para Gonzalo Higuaín. Contudo, ainda que ele tenha qualidade obviamente questionável, não é aí que está a fonte de todo o problema que o cerca.

Higuaín não é um jogador ruim, caneludo, perna de pau ou qualquer sinônimo disso. É burrice olhar somente números, mas ao nos permitirmos analisá-los, ele tem um bom retrospecto. Desde os tempos de River Plate, a passagem por Real Madrid, Napoli e até mesmo na Juventus, no campeonato italiano, os dados são bons. Só na Espanha foram marcados mais de 100 gols com sua assinatura.

Mas então qual o problema com Higuaín? Por que ele “decepciona e sempre vai decepcionar”?

Ora, não é preciso pedir ajuda ao dicionário para constatar que só é capaz de decepcionar quem de muito se espera. Então estamos errados ao cobrá-lo com exagero? Sim, mas especialmente nesses tempos de Juventus e titularidade na Argentina.

Higuaín chegou à Juventus em 2016 em uma das transferências mais polêmicas dos últimos anos. À época, pensávamos que o fato de sair do Napoli para um rival era o absurdo maior. Mal sabíamos (ou sabíamos?) que o verdadeiro disparato era a quantia absurda de 90 milhões de euros, paga por um jogador bom e apenas bom. Aproveite e veja quem eram os jogadores mais caros 30 anos atrás.

Sim, esta é a fonte do problema, apontada no início do post.

Por algum motivo que ninguém entende, a Juventus e boa parte do mundo do futebol qualificou Higuaín como um jogador do nível de Ronaldo e Batistuta – no passado – e Lewandowski e Suarez – atualmente. Não! Ele não é nada disso. Ele é um jogador bom e esforçado, e não excepcional. E isso faz um mal danado a ele.

O jogador bom vai ser artilheiro em campeonatos médios, vai classificar o time em fase de grupos, vai ajudar muito. Já o jogador excepcional vai decidir campeonatos, vai procurar jogos grandes e será procurado.

Não é de hoje que jornais italianos insistem em questionar “É o melhor atacante no momento?”. Curiosamente, fazem isso depois de ele marcar 2 gols no Crotone.

Higuaín é bom, mas Juventus e Argentina são demais pra ele. Ao dizermos que ele decepciona, erramos. Ele faz exatamente o que deveríamos esperar dele.

Conte com Higuaín, mas nunca dependa de Higuaín!

Higuaín: gols perdidos

É bem verdade que o vídeo abaixo, com os gols decisivos perdidos por Higuaín, é uma covardia. É factual? Sim, mas que ele seja visto apenas como informação útil para ilustrar o artigo. Que sirva como prova material do quão bom Higuaín é, e não excepcional.

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Comentários

Top