Juventus campeã italiana: entenda por que torcida conta 38, e não 36 títulos

Títulos da Juventus 36 38- campeonato italiano

A Juventus é campeã do campeonato italiano 2019-2020. A conquista foi selada neste domingo, 26 de julho, com uma vitória por 2×0 sobre a Sampdoria.

Agora, de todos os títulos da Juventus, o destaque fica para a incrível sequência de 9 scudetti. Isto é, da temporada 2011-2012, a vecchia signora venceu todas as edições do campeonato italiano.

Contudo, tão cedo o título foi assegurado e se renovou uma polêmica adormecida. Afinal, a Juventus tem 36 ou 38 títulos do campeonato italiano?

Há duas versões dessa história. Uma defendida pelo próprio clube e seus torcedores, que contabilizam dois scudetti a mais.

Do outro, os rivais e a própria federação, que ignoram um par de taças da Juventus.

Mas qual deles está correto?

Oficialmente, a Juventus tem 36 títulos

A contabilidade da própria Serie A afirma categoricamente que, com o título de 2019-2020, a Juventus soma 36 títulos. Em seu Albo d’Oro, a federação exibe 35, mas ainda não está contando a taça recém-conquistada.

Portanto, a contabilidade dos 38 não é oficial.

Isso acontece porque, para a liga, não devem ser levados em consideração os títulos da Juve nas temporadas 2004-2005 e 2005-2006.

Nas duas temporadas citadas, a Juventus foi o centro de um escândalo de apostas, que mais tarde ficou conhecido como Calciopoli.

A sentença foi bem severa: anulação do título de 2004-2005 e a transferência do troféu da temporada seguinte para a Inter. Mesmo terminando com 91 pontos, a Juve “terminou” aquele campeonato na última posição, e caiu para a Serie B.

Portanto, excluindo as duas temporadas, a soma oficial é de 36 títulos italianos.

Para a Juventus, são 38 títulos

A disparidade na conta acontece porque, até hoje, diretores e torcedores da Juventus não aceitaram a decisão.

Aliás, na comemoração do título desta temporada, muitos exibiam orgulhosos a marca de 38 scudetti. Mesmo sem o aval da federação italiana de futebol.

É bem verdade que, apesar dessa postura, o clube “aceitou” a sentença do rebaixamento. Tanto é que ela figura entre os campeões da Serie B, justamente na temporada 2006-2007.

Porém, desde a volta para a Serie A, a cada novo título, ressurge a polêmica.

A última discussão mais emblemática aconteceu no título de 2012-2013. Isso porque, na ocasião, segundo contas da própria Juventus, o clube conquistou o 30º scudetto.

Com isso, ela teria adquirido o direito de estampar uma terceira estrela no seu escudo. Vale lembrar que, oficialmente, cada clube passa a exibir uma estrela a cada 10 títulos.

O problema é que, oficialmente, aquele título foi o 28º (duas estrelas), e não o 30º (três estrelas). A polêmica foi tamanha que clube e Nike, patrocinadora da época, foram obrigados a pagar uma multa pesadíssima.

Mesmo assim, a decisão da Juve se mantém.

Comentários

Comentários