Um técnico do campeonato italiano é demitido a cada 2 rodadas

Técnicos do campeonato italiano demitidos

Se ser treinador de time de futebol é viver sob pressão, parece que os técnicos do campeonato italiano têm um desafio ainda maior. Os números não mentem: em 26 rodadas da Serie A 2019-2020, foram 13 técnicos demitidos.

Se a dança das cadeiras continuar assim, a temporada atual vai quebrar o recorde atingido em 2011-2012. Naquele ano, foram dispensados incríveis 18 treinadores.

Os números atuais dizem, em outras palavras, que um técnico é demitido a cada 2 rodadas. O número assustador é surpreendente para os padrões europeus. No continente, aliás, o campeonato italiano é o que mais demite comandantes, seguido de Premier League, Bundesliga, La Liga e Ligue 1, nessa ordem.

Confira abaixo os técnicos que foram demitidos no campeonato italiano 2019-2020:

  • Rolando Maran – Cagliari (29 de março de 2020)
  • Leonardo Semplici – SPAL (10 de fevereiro de 2020)
  • Eugenio Corini – Brescia (5 de fevereiro de 2020)
  • Walter Mazzarri – Torino (4 de fevereiro de 2020)
  • Thiago Motta – Genoa (28 de dezembro de 2019)
  • Vincenzo Montella – Fiorentina (21 de dezembro de 2019)
  • Carlo Ancelotti – Napoli (10 de dezembro de 2019)
  • Fabio Grosso – Brescia (2 de dezembro de 2019)
  • Eugenio Corini – Brescia (3 de novembro de 2019)
  • Igor Tudor – Udinese (1 de novembro de 2019)
  • Aurelio Andreazzoli – Genoa (22 de outubro de 2019)
  • Marco Giampaolo – Milan (8 de outubro de 2019)
  • Eusebio Di Francesco – Sampdoria (7 de outubro de 2019)

Comentários

Comentários