Os 10 maiores jogadores do Napoli: nomes, história e títulos

Maiores jogadores do Napoli
Alemão, Maradona e Careca, estrelas da melhor fase do Napoli (Reprodução / Facebook Napoli)

Maradona é líder na lista dos maiores jogadores do Napoli na história. Isso se manterá por um bom tempo sem margem para discussão. Contudo, além do craque argentino, muitos outros atletas colaboraram para colocar o time azzuro no mapa.

Depois da morte do eterno camisa 10, “Maradona” acabou se tornando até mesmo o nome do estádio do Napoli. Contudo, embora justa, a homenagem não diminui outros números impressionantes. Por exemplo: o posto de maior artilheiro do time não pertence a ele. Tampouco o de mais jogos disputados.

Aliás, ao contrário dos maiores jogadores de Milan e Inter, o Napoli foi capaz de gerar novos ídolos em períodos recentes. Ainda que títulos do calibre daqueles dos anos 90 não tenham sido conquistados, nomes como Mertens e Hamsik entraram no coração do torcedor napolitano.

Nesse assunto, impossível não citar a contribuição brasileira de Antonio Careca. Contemporâneo de Maradona, esteve longe de surfar na onda do argentino. Por vezes, foi fundamental para o triunfo do Napoli. Até hoje, Careca está na lista dos maiores artilheiros do clube.

Os maiores jogadores do Napoli são:

  1. Diego Maradona
  2. Antonio Careca
  3. Marek Hamsik
  4. Antonio Vojak
  5. Giuseppe Bruscolotti
  6. Antonio Juliano
  7. Ruud Krol
  8. Edinson Cavani
  9. Dries Mertens
  10. Lorenzo Insigne



Instagram campeonato italiano



10 – Lorenzo Insigne

Maiores jogadores do Napoli - Lorenzo Insigne
Insigne continuando acumulando gols e número de jogos pelo Napoli (Reprodução / Instagram Insigne)

Nome completo: Lorenzo Insigne
Data de nascimento: 
4 de junho de 1991
Nacionalidade: Italiano
Clube de formação: 
Napoli
Anos no Napoli: 
2009 a 2010 – 2012 até hoje (10 anos)
Títulos
2 Copa Itália (2013-2014, 2019-2020); 1 Supercopa da Itália (2014)

A presença de Lorenzo Insigne dentre os maiores jogadores do Napoli é polêmica. Você, leitor deste artigo, fique à vontade para contestar. Afinal, listas são polêmicas e nem mesmo a Fifa encontra unanimidade ao eleger o melhor jogador do mundo.

No caso do pequeno grande Insigne, alguns dados ajudam a colocá-lo dentre os 10. A começar por ter “nascido” no Napoli. Na Itália, especialmente, ser revelado por um time e permanecer no mesmo é atitude admirada por torcedores, e caminho certo para se tornar uma “bandeira”.

Logo que subiu para o profissional, Insigne passou duas temporadas emprestado, é verdade. Contudo, desde que retornou, em 2012, nunca mais saiu. E melhor, se tornou cada vez mais protagonista da retomada do Napoli vitorioso. Sobretudo durante o comando do técnico Maurizio Sarri.

O número de títulos não chega a ser expressivo, mas o de jogos e gols, sim. No ato da publicação deste conteúdo, ele estava na 5ª posição dentre os maiores artilheiros da história do Napoli (104 gols). No quesito presença, foi a campo mais de 380 vezes.

Na órbita dos seus 30 anos, continua prestando excelente serviço à Azzurra e ao Napoli. Tanto é que acabou fazendo parte do ranking dos melhores da Europa no primeiro trimestre de 2021.

Tivesse vencido o scudetto, quem sabe, estaria numa posição melhor.

9 – Dries Mertens

Maiores jogadores do Napoli - Dries Mertens
Mertens com a taça da Copa Itália (Reprodução / Instagram Mertens)

Nome completo: Dries Mertens
Data de nascimento: 
6 de maio de 1987
Nacionalidade: Belga
Clube de formação: 
Stade Leuven
Anos no Napoli: 
2013 até hoje (11 anos)
Títulos
2 Copa Itália (2013-2014, 2019-2020); 1 Supercopa da Itália (2014)

No dia 13 de junho de 2020, o Napoli empatou com a Inter em 1×1, na ida da semis da Copa Itália, com gol de Dries Mertens. Naquele dia, Mertens se tornou o maior artilheiro da história do Napoli.

O grande acontecimento na carreira do belga já o credencia para integrar o ranking dos maiores jogadores do clube. Nem mesmo Careca ou Maradona, nos seus anos mais brilhantes, alcançaram o número de gols de Mertens.

A história entre clube e jogador começou em 2013. A transferência do PSV para a Itália não fez um barulho imenso, mas foi celebrada por Aurelio De Laurentiis ao afirmar que “Mertens se apaixonou por Nápoles”.

Ao que tudo indica, foi tudo verdade. Anos depois do anúncio, o atacante até chegou a ficar próximo de sair (e sair de graça), mas a renovação aconteceu. Enquanto o elenco rodou (e rodou bastante), Mertens ficou.

Ele fez parte do salto enorme dado pelo Napoli ao ficar muito próximo de voltar a conquistar o scudetto. Durante algumas temporadas, o clube chegou a ser o único capaz de rivalizar com a Juventus na busca pela taça do campeonato italiano.

Em 2017, aliás, Mertens entrou na lista dos 30 candidatos à Bola de Ouro.

Os títulos conquistados – 2 Copa Itália e uma Supercopa da Itália – não são numerosos e tão significativos. Contudo, é impossível deixar de fora da lista o jogador que tem mais de 130 gols pelo Napoli.

8 – Edinson Cavani

Maiores jogadores do Napoli - Edinson Cavani
As vítimas do matador Cavani (Reprodução / Facebook Napoli)

Nome completo: Edinson Roberto Cavani Gómez
Data de nascimento: 
14 de fevereiro de 1987
Nacionalidade: Uruguaio
Clube de formação: 
Danubio
Anos no Napoli: 
2010 a 2013 (3 anos)
Títulos
1 Copa Itália (2011-2012)

Em uma lista opinativa, são vários os motivos para incluir determinado jogador. Aqui, foram levados em consideração os anos de clube, títulos conquistados, mas também o talento.

Da geração mais recente, Edinson Cavani talvez tenha sido o atacante mais talentoso do Napoli.

Refletindo sobre sua passagem por Nápoles, dá para dizer que o tempo foi curto. Depois de se destacar no Palermo, o uruguaio foi contratado e caiu como uma luva naquele Napoli de 2010. Contudo, tamanha qualidade acabou levando Cavani para o PSG três anos depois. Por lá, para surpresa de ninguém, se tornou o maior artilheiro do time francês.

Cavani merece estar entre os maiores jogadores do Napoli pelo número de gols feitos em tão pouco tempo. Líder da lista de goleadores, o belga Mertens, por exemplo, soma mais de 130 em 11 anos de time. Já o uruguaio tem 104 gols em apenas 3 anos. De acordo com o Trasnfermarkt, sua média na época do clube azzurro era de 0,75 gols por jogo.

Dentre os acontecimentos marcantes, impossível não citar o gol do título marcado na final da Copa Itália 2011-2012 contra a Juventus. Fora a artilharia da Serie A 2012-2013, com 29 gols.

7 – Ruud Krol

Maiores jogadores do Napoli - Ruud Krol
Krol, uma das grandes contratações do Napoli na história (Reprodução / Facebook Napoli)

Nome completo: Rudolf Jozef Krol
Data de nascimento: 
24 de março de 1949
Nacionalidade: Holandês
Clube de formação: 
Ajax
Anos no Napoli: 
1980 a 1984 (4 anos)
Títulos

O zagueiro holandês Ruud Krol é outro que não passou anos e anos defendendo o Napoli. Nem mesmo títulos o defensor chegou a conquistar nos tempos atuando na Itália.

Contudo, para entender sua importância para o time italiano é preciso pensar antes dos anos 80, antes do desembarque por lá. A quem não reconhece o nome, ele foi o zagueiro da Laranja Mecânica de Cruijff.

Revelado pelo Ajax, Krol fez mais de 300 jogos pela equipe, venceu 3 Champions League e, obviamente, foi convocado para a seleção. Defendendo seu país, bateu na trave em duas Copas do Mundo, ficando com o vice em 1974 e 1978.

Com toda essa bagagem, o zagueiro holandês chegou ao Napoli que, naquela época, tinha celebrado apenas um título da Copa Itália e uma Serie B. Logo na temporada inaugural, capitaneando o time, Krol viu o scudetto escapar com 4 pontos de diferença para a Roma e 6 para a Juventus.

Apesar da elegância na zaga, não traduziu a eficiência em taças. O que não o impediu de ser tratado como ídolo do clube. Depois de mais de 100 partidas disputadas, se despediu do Napoli de maneira “forçada” após lesão grave no joelho.

6 – Antonio Juliano

Maiores jogadores do Napoli - Antonio Juliano
Antonio Juliano com a taça da Copa Itália (Reprodução / Wikipedia)

Nome completo: Antonio Juliano
Data de nascimento: 
26 de dezembro de 1942
Nacionalidade: Italiano
Clube de formação: 
Napoli
Anos no Napoli: 
1962 a 1978 (16 anos)
Títulos
2 Copa Itália (1961-1962, 1975-1976)

Se levarmos em consideração os anos de contribuição para o futebol do Napoli, então Antonio Juliano deve ser eleito a maior bandeira da história do clube. O capitão e meio-campo “estava lá” quando tudo começou.

Para alguns sites napolitanos, inclusive, Juliano é o homem mais importante em toda a existência do time. O fato de ter nascido em Nápoles já é uma evidência suprema, afinal, o orgulho sulista é notadamente o mais forte na Itália.

São diversos os acontecimentos históricos que unem Juliano e o Napoli. A começar pelo fato de ter sido revelado pelo time e ter passado 16 anos defendendo a cor azzurra. O que inclui duas temporadas na Serie B.

Fora isso, ele também foi o capitão do primeiro título do Napoli: a Copa Itália de 1961-1962. Nessa década, além do mais, sua performance com o time partenopeo acabou resultando na convocação para a seleção italiana, tornando-se o primeiro napolitano a defender a Azzurra. Ele integrou a geração que ficou o vice da Copa do Mundo de 1970, mas também daquela que triunfou na Eurocopa de 1968.

Ao todo, foram 499 partidas disputadas pelo Napoli, sendo o 3º no ranking geral. Não bastando tudo o que fez dentro de campo, também continuou a brilhar como dirigente. Foi Juliano o responsável por levar ao Napoli jogadores como Krol e até mesmo Maradona.

5 – Giuseppe Bruscolotti

Maiores jogadores do Napoli - Giuseppe Bruscolotti
Bruscolotti em entrevista para o canal do Napoli (Reprodução / Youtube Napoli)

Nome completo: Giuseppe Bruscolotti
Data de nascimento: 
1º de junho de 1951
Nacionalidade: Italiano
Clube de formação: 
Pollese
Anos no Napoli: 
1972 a 1988 (16 anos)
Títulos
1 scudetto (1986-1987); 2 Copa Itália (1975-1976, 1986-1987)

Na linha sucessória de Juliano, ao menos na quantidade de jogos disputados pelo Napoli, aparece Giuseppe Bruscolotti. O jogador somou 507 partidas em 16 anos de serviços prestados.

Apelidado e até hoje conhecido como Pal e’ Fierr (o poste de ferro), pela dureza apresentada na posição de terzino, ele é indiscutivelmente uma bandeira do time. Normalmente, a alcunha é dada pelo número de partidas, mas Bruscolotti foi além.

O defensor não foi revelado pelo Napoli, mas desembarcou por lá aos 21 anos, em 1972. E nunca mais saiu.

Em mais de uma década defendendo o clube azzurro, o jogador vivenciou fases distintas e até mesmo bateu na trave na conquista do scudetto. Todavia, quis o destino que a fase final da sua carreira fosse pontuada pela chegada de jogadores brilhantes.

Até a temporada do título do campeonato italiano, Bruscolotti bateu na trave e ficou duas vezes em terceiro, mesmo capitaneando o time por vezes. Em todos esses anos, a taça acabou ficando com a rival Juventus.

No final dos anos 80, contudo, ao passo que sua despedida dos gramados se aproximava, o Napoli se inseria na lista dos campeões italianos. Liderado por Maradona, o clube ergueu não somente o primeiro scudetto da sua história, como também a Copa Itália na mesma temporada: 1986-1987.

Em 1988, Bruscolotti se aposentou do futebol com a camisa do Napoli.

4 – Antonio Vojak

Maiores jogadores do Napoli - Antonio Vojak
O goleador Antonio Vojak (Divulgação / Wikipedia)

Nome completo: Antonio Vojak
Data de nascimento: 
19 de novembro de 1904
Data da morte: 9 de maio de 1975
Nacionalidade: Italiano
Clube de formação: 
Grion Pola
Anos no Napoli: 
1929 a 1935 (6 anos)
Títulos

O nome de Antonio Vojak está marcado na história do Napoli, mas voltou à tona por causa de Dries Mertens. Sim, o belga é o maior goleador da história do clube, mas foi recentemente que ele igualou o número de gols de Vojak em jogos na Serie A.

Nascido em 1904, em pleno começo do campeonato italiano de futebol, o atacante não conquistou um título sequer. Ao menos não com o Napoli. Antes de vestir a camisa do clube azzurro, Vojak defendeu a Lazio e a Juventus, com quem venceu um scudetto.

Mesmo depois de disputar mais de 100 partidas pela vecchia signora, foi no Napoli que o goleador fez história. Mesmo sem a taça.

Na época da transferência, em 1929, o clube estava bem distante do reconhecimento que possui hoje. Ainda assim, Vojak conclui sua primeira temporada com a camisa do Napoli com 20 gols.

Com a manutenção das atuações nos 5 anos seguintes, o atacante acabou somando números que o colocaram entre os maiores artilheiros do campeonato italiano. Só pelo Napoli, contando jogos da Serie A, foram 102.

Durante muito tempo, até a chegada de Mertens, ele se manteve como o maior goleador azzurro na competição.

3 – Marek Hamsik

Maiores jogadores do Napoli - Marek Hamsik
O encontro de Hamsik e Maradona (Reprodução / Instagram Hamsik)

Nome completo: Marek Hamšík
Data de nascimento: 
27 de julho de 1987
Nacionalidade: Eslovaco
Clube de formação: 
Jupie Podlavice
Anos no Napoli: 
2007 a 2019 (12 anos)
Títulos
2 Copa Itália (2011-2012 e 2013-2014); Supercopa da Itália (2014)

O Napoli é um dos clubes que já frequentou a Serie B do campeonato italiano. E até mesmo a Serie C. Seu último acesso para a elite aconteceu na temporada 2006-2007, justamente na chegada do eslovaco Marek Hamsik. Daquele ano em diante, aliás, o rebaixamento nunca mais chegou a ser nem um mínimo risco.

O eslovaco, até então não muito conhecido, foi contratado após passar três anos no Brescia. Hoje, contudo, sabemos (e não é exagero afirmar) que Hamsik foi responsável pela recuperação do prestígio do time.

O jogador cumpre todos os quesitos exigidos para se tornar ídolo de uma equipe de futebol. Foram mais de 10 anos defendendo o Napoli. Também chegou a ser o maior artilheiro do time – até ser superado por Mertens. E até hoje é o atleta com mais partidas na história dos partenopei. São 520 partidas e 121 gols.

A escalada de Hamsik no coração do torcedor napolitano, que acabou premiando-o com a faixa de capitão, deve mesmo ter acontecido na final da Copa Itália 2011-2012. O Napoli garantiu o título após bater a Juventus por 2×0, com gols de Cavani e do próprio eslovaco. Na ocasião, o time voltou a erguer um troféu depois de 24 anos.

Sua despedida aconteceu ao fim da temporada 2018-2019, mesmo sem o tão desejado scudetto. Foram 3 temporadas seguidas duelando com a Juventus pelo título do campeonato italiano, mas que acabou ficando no vice.

Contudo, nada apaga a história de Hamsik no Napoli.

2 – Antonio Careca

Maiores jogadores do Napoli - Antonio Careca
Careca, artilheiro e campeão com o Napoli (Reprodução / Instagram Careca)

Nome completo: Antonio de Oliveira Filho
Data de nascimento: 
5 de outubro de 1960
Nacionalidade: Brasileiro
Clube de formação: 
Guarani
Anos no Napoli: 
1987 a 1993 (6 anos)
Títulos
1 scudetto (1989-1990); 1 Copa da UEFA (1988-1989); 1 Supercopa da Itália (1990)

Nascido Antonio de Oliveira Filho, Careca é sem dúvida um dos maiores jogadores do Napoli. Ele não somente integrou, como foi fundamental para o que pode ser considerada a melhor squadra da história do clube.

Depois de surgir e brilhar no Guarani, e elevar ainda mais o nível de atuação no São Paulo (com direito a títulos estadual e nacional), o atacante foi parar em outro San Paolo. Em 1987, vestiu a camisa do Napoli pela primeira vez e deu início a uma das relações mais marcantes do futebol italiano, ao lado de Diego Maradona.

Ao todo, foram 96 gols celebrados com a torcida azzurra. Alguns, obviamente, mais marcantes. Ao longo de 6 anos defendendo o clube, a propósito, Careca demonstrou certa competência acima do normal em jogos contra a Juventus.

Em 1988, na segunda temporada na Itália, anotou sua primeira tripletta no Juventus 3×5 Napoli. No mesmo ano, mas pelas quartas da Copa da UEFA, e contra a mesma vecchia signora, Careca não foi às redes no 3×0 do jogo da volta, mas sofreu o pênalti do primeiro e fez o cruzamento do terceiro, este já na prorrogação.

O brasileiro acabou por se despedir do time em 1993, com 1 scudetto, 1 Copa da UEFA e 1 Supercopa da Itália.

1 – Diego Maradona

Maiores jogadores do Napoli - Diego Maradona
Maradona: nome de estádio e do maior jogador da história do Napoli (Reprodução / Instagram Maradona)

Nome completo: Diego Armando Maradona Franco
Data de nascimento: 
30 de outubro de 1960
Data de morte: 25 de novembro de 2020
Nacionalidade: Argentino
Clube de formação: 
Argentino Juniors
Anos no Napoli: 
1984 a 1991 (7 anos)
Títulos
2 scudetti (1986-1987, 1989-1990); 1 Copa Itália (1986-1987); 1 Supercopa da Itália (1990); 1 Copa UEFA (1988-1989)

Uma vez mais, é preciso dizer: Diego Armando Maradona é o maior jogador da história do Napoli. Nenhum outro atleta conseguiu vencer e fazer o que o argentino fez, e como ele o fez.

Na análise pragmática, foi um campeão indiscutível. Na visão filosófica, ninguém atingiu o talento do Pibe de Oro.

Em novembro de 2020, a torcida do Napoli chorou a sua morte. A importância foi tamanha que o estádio do clube, até então conhecido como San Paolo, foi rebatizado para Diego Armando Maradona.

O camisa 10 desembarcou na Itália em 1984, já com status de craque. Naquela altura da vida e carreira, já tinha arrebatado torcedores do mundo todo com atuações defendendo o Boca Juniors e o Barcelona. Faltava o público italiano.

O registro da sua chegada, destacado acima, já revela a comoção gerada em torno de Maradona, sem sequer calçar as chuteiras. Quando o fez, o resultado não foi imediato, mas também não tardou a chegar.

Em 1986, conquistou a Copa do Mundo pela Argentina. Na temporada 1986-1987, finalmente “colocou o Napoli no mapa” ao vencer o primeiro scudetto da história do clube, além da Copa Itália. Histórico.

Seu auge, porém, pode ser considerado na conquista dos títulos do começo dos anos 90, o que inclui mais um campeonato italiano, uma Copa da UEFA e a primeira Supercopa da Itália.

Ganhar tudo isso colocou Maradona no topo dentre as “bandeiras” do Napoli. Até mesmo literalmente. É extremamente fácil localizar bandeiras com o seu rosto dentre a torcida napolitana. Isso sem falar nos murais imensos pintados e espalhados por Nápoles.

Nos números, não está sequer no top 10 de mais partidas jogadas pelo time. O que torna tudo ainda mais especial. Durante algum tempo, foi o maior goleador da história do clube, com seus 115 gols.


Comentários

Comentários