Tudo que é preciso saber sobre o novo estádio de futebol da Roma

Depois de escrever história na principal arena da capital italiana, vem aí o novo estádio da Roma, pelo menos é o que diz o projeto apresentado e o site oficial do empreendimento, que mostra o andamento das obras em tempo real.

Como as próprias imagens do estádio revelam, a intenção é, inicialmente, deixar de compartilhar o Estádio Olímpico de Roma com a Lazio e, posteriormente e principalmente, elevar lucros de forma respeitável com todos os benefícios que uma arena moderna pode oferecer.

Segundo o site Eurosport, que cita um estudo da Universidade La Sapienza, o lucro chegaria a 5.7 bilhões de euros somente nos primeiros três anos. A estimativa projeta ganhos com programas de fidelidade de torcedores, áreas de entretenimento, cafés, bares e restaurantes.

Novo estádio da Roma
Ilustração do novo estádio da Roma (StadioDellaRoma)

Apesar disso, o novo estádio da Roma nem mesmo iniciou os trabalhos para construção e já encontrou sérios problemas. A prefeita da cidade, Virginia Raggi, que barrou a candidatura da capital para as Olimpíadas de 2024, também desaprova parte do negócio apresentado.

Segundo ela, o projeto ideal eliminaria torres, parques e edifícios, deixando somente o estádio em si. Outra alteração seria o endereço, substituindo Tor di Valle por Tor Vergata, que facilitaria o acesso e daria mais sentido à construção de estações da nova linha do metrô.

Mais um problema: dinheiro. Segundo o portal l’Espresso, tudo indica que o fundo que financiaria toda a obra, vindo de Israel, desistiu do negócio, deixando na mão o dono da Roma, Jim Palotta.  A saída, como têm feito Milan e outros clubes do mundo, seria procurar investidores em terras mais afastadas, como na China.

Data de inauguração do novo estádio da Roma

Após longo tempo de negociação, o novo estádio da Roma vai sair. A conferência da região de Lazio, responsável pelas infraestruturas públicas, aprovou a obra, marcada para começar entre abril e maio de 2018. A informação é do SportMediaset.

A projeção é de que a Roma possa já disputar a temporada 2020-2021 no novo empreendimento.

Arquitetura

Não é preciso ser um especialista para perceber que o estádio faz homenagem à história de Roma.  Na imagem abaixo é possível ver o Coliseu, com direito à imitação do arco de pedra que envolve à icônica arena.

Novo estádio da Roma
Arquitetura que lembra o Coliseu (StadioDellaRoma)

 

Capacidade e arquibancadas

Na Itália, as torcidas organizadas são normalmente chamadas de “ultras”. Muitas delas levam para seus nomes o local onde costumam ficar nos estádios, bem atrás dos gols, as chamadas “curvas”. Para manter a tradição, o novo estádio da Roma preservará a Curva Sud, cuja capacidade será de 14 mil. A arena como um todo abrigará 52.500 torcedores, com possibilidade de expansão para 60 mil.

Outro problema que o novo empreendimento resolverá é a distância entre torcida e campo, algo presente no Olímpico. O menor intervalo na arena será de 9 metros.

Novo centro de treinamento

O estádio também será endereço para um novo centro de treinamento. A arena contará com três campos, centros de reabilitação, vestiários e até sala de TV.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

Top