Veja quantos títulos tem o Cagliari

O Cagliari é um dos times de maior prestígio do campeonato italiano. Ainda que os títulos do time da Sardegna não façam frente à Juventus e Milan, por exemplo, a importância do clube para o futebol é inegável.

A começar pela representatividade. No mapa da Itália, a ilha da Sardegna está situada além da “bota”, “flutuando” no mar e bem longe do continente. Dos times de futebol situados ali, apenas o Cagliari já disputou e venceu a Serie A.

Ainda que tenha caído e frequentado segunda e terceira divisões, até mesmo no cenário internacional o rossoblù tem história. Na década de 90, período vibrante para times italianos, o Cagliari chegou perto da conquista da Copa UEFA, mas parou nas semis.

Nascido em 1920, o clube completou o centenário em 2020 com belas recordações em 100 anos de vida.

Os principais títulos do Cagliari são:

  • Campeonato italiano: 1 título
  • Campeonato italiano Serie B: 1 título
  • Campeonato Italiano Serie C: 1 título

Quantos títulos do campeonato italiano tem o Cagliari?

Scudetto

O Cagliari venceu o campeonato italiano apenas uma única vez em toda sua história. A taça foi para o time da Sardegna em 1969-1970.

Saiba mais

Quantos títulos do campeonato italiano Serie B tem o Cagliari?

Serie B campeonato italiano

O Cagliari já esteve algumas vezes na Serie B, mas o acesso com título veio somente na temporada 2015-2016.

Saiba mais

Quantos títulos da Copa Itália tem o Cagliari?

Copa Itália

O Cagliari jamais venceu a Copa Itália em toda a sua história. Por duas vezes o time ficou com o vice-campeonato.

Saiba mais

Quantos títulos internacionais tem o Cagliari?

O Cagliari chegou perto, mas nunca venceu um título internacional. O mais perto aconteceu em uma edição da Copa UEFA, atual Europa League.

Saiba mais



AD INSTAGRAM GOLAZZO


Campeonato italiano

Títulos do Cagliari - campeonato italiano 1969-1970
A squadra do Cagliari que venceu o campeonato italiano em 1969-1970 (Cagliari)

O Cagliari possui um título do campeonato italiano. Sim, graças ao scudetto erguido na temporada em 1969-1970, o clube figura dentre os campeões da Serie A.

A relação do Cagliari com o campeonato italiano é bem diferente dos demais times. Por exemplo, olhando títulos de Genoa e Juventus, vemos taças conquistadas logo nas primeiras edições da liga, em 1900.

Entretanto, para o rossoblù, foram necessários 44 anos de espera para finalmente estrear na Serie A. Desde seu nascimento, em 1920, o Cagliari passou longos anos transitando entre primeira, segunda e até terceira divisões, mas no campeonato sardo.

Como o próprio nome diz, o torneio de futebol sardo era reservado para os clubes habitantes da Ilha da Sardegna. Era como se parte da Itália ainda fosse separada, ao menos no cenário futebolístico.

A tão aguardada estreia na primeira divisão na liga de elite do país aconteceu na temporada 1964-1965. Depois de debutar, foram precisos apenas mais 5 anos para já conquistar o scudetto.

Para explorar o único título do Cagliari no campeonato italiano, é indispensável citar e lembrar o nome de Gigi Riva. Até hoje, o jogador se mantém como o maior artilheiro da história do Cagliari, com mais de 200 gols anotados.

Na Squadra Azzura, é dele também o recorde de maior artilheiro de todos os tempos: 35 gols, 2 a mais que Giuseppe Meazza.

Na conquista do scudetto, Riva colaborou com 21 gols, assegurando também a artilharia daquela temporada. O troféu foi garantido no dia 12 de abril de 1970, na vitória por 2×0 sobre o Bari.

Além do goleador, outro atleta (um brasileiro) também integrou o time vencedor e é digno de menção: Nenê. Único jogador negro do time, e um dos pouco daquela Serie A, ele defendeu o Santos, depois da Juventus, até finalmente chegar ao Cagliari.

Alguns dias mais tarde, Riva se juntaria à seleção italiana para a Copa do Mundo no México, na qual enfrentou e perdeu a final para o Brasil.

Campeonato italiano: 1969-1970

Campeonato italiano Serie B

Jogadores do Cagliari celebram taça da Serie B 2015-2016 (La Presse)

O Cagliari possui apenas um título do campeonato italiano Serie B. A taça foi erguida e celebrada junto com o acesso na recente temporada 2015-2016.

Por ostentar apenas uma taça dessa competição, o clube está distante dos maiores campeões da segundona. O que chega a ser algo considerado bom. Na lista, Atalanta e Genoa estão no topo, com 6 títulos cada.

Desde sua estreia na Serie A, em 1964-1965, o Cagliari foi rebaixado 5 vezes para a segunda divisão, e 1 para a Serie C.

De todos os rebaixamentos, o primeiro, se contarmos desde a estreia no campeonato italiano Serie A, foi seguramente o mais triste. Ele foi consumado ao fim da temporada 1975-1976.

O motivo para lamentações é que a queda marcou a despedida e aposentadoria de Gigi Riva, goleador máximo do time e da seleção italiana. O retorno, felizmente para a torcida sarda, veio logo na temporada seguinte, mas sem título, que ficou com a Udinese.

Nos anos 80, mais dois rebaixamentos: 1982-1983, para a Serie B, e 1986-1987, para a Serie C. Nos anos 90, mais duas quedas de divisão até finalmente a última de todas, em 2014-2015. Esta, já com o regulamento atual, com 20 times e 3 rebaixados. O Cagliari terminou em 18º.

Na temporada seguinte, 2015-2016, o clube sardo venceu seu primeiro título da Serie B. A campanha não foi arrebatadora. Ao final, o Cagliari acumulou 9 derrotas, mas somou 83 pontos, um a mais que o Crotone, o suficiente para garantir o acesso direto.

Naquele time, já figurava o brasileiro João Pedro, que encerrou a campanha do título com 13 gols na liga. Além dele, destaque também para o goleiro Marco Storari, que teve passagens por Milan e Juventus.

Campeonato italiano Serie B: 2015-2016

Copa Itália

Títulos do Cagliari - Copa Itália 1968-1969
O time do Cagliari da campanha de 1968-1969 (Wikipedia)

O Cagliari não possui nenhum título da Copa Itália. O mais próximo que o clube chegou da conquista foi um vice, na temporada 1968-1969-, justamente meses antes da campanha do primeiro scudetto.

Ao contrário da história no campeonato italiano, no qual estreou somente em 1964-1965, a primeira vez do Cagliari na Copa Itália aconteceu em 1926-1927. À época, a realidade do time rossoblù ainda era duelar contra rivais locais da ilha da Sardegna. No entanto, como a copa nacional é o torneio mais democrático do futebol da Itália, a estreia aconteceu antes.

O problema é que o Cagliari estava bem distante de ser um time competitivo em nível nacional. Logo na estreia, o time sofreu uma goleada histórica de 10×1 contra o Bagnolese. O resultado materializou a eliminação rossoblù logo no primeiro turno.

A tal edição que proporcionou a melhor campanha do time, como dito, foi somente em 1968-1969. Naquela temporada, o regulamento do torneio previa uma fase inicial com 9 grupos.

Apenas o primeiro de cada um seguia para uma espécie de quartas de final. Dessa fase, saíam 4 times para formar um grupo decisivo, que jogariam entre si, em ida e volta, de forma parecida ao sistema atual da Champions League. O time com mais pontos era considerado campeão.

Na edição em questão, o grupo final foi formado por Roma, Cagliari, Foggia e Torino. O clube da capital ficou com o título após somar três vitórias em três empates.

Como “consolação” e também indicador de que o Cagliari brilharia no ano seguinte foi a artilharia do torneio, que ficou com Gigi Riva e seus 8 gols.

Títulos internacionais

Títulos do Cagliari - Copa UEFA
No ano da melhor campanha do Cagliari na Copa UEFA, o título ficou com a Inter, de Bergkamp (Wikipedia)

O Cagliari jamais venceu um título internacional em toda a sua história. A exemplo da trajetória do rossoblù na Copa Itália, o mais perto foi uma semifinal da antiga Copa UEFA.

A performance do Cagliari ao longo dos anos no campeonato italiano não concedeu ao time vagas constantes nas competições europeias. Isso explica a inexistência de títulos fora das fronteiras italianas.

Das vezes que conseguiu marcar presença, as campanhas não foram das melhores.

A começar pela Copa dos Campeões de 1970-1971. Enquanto campeão italiano daquele momento, o Cagliari ganhou uma vaga direta no torneio mais importante da UEFA na época. Ou seja, a Champions League.

A diferença daquele regulamento para o atual é que não existia fase de grupos. Os clubes entravam diretamente numa fase de 16 avos de final. Depois de passar pelos franceses do Saint-Étienne, o Cagliari acabou eliminado pelo Atlético de Madrid nas oitavas. O campeão daquele ano seria o Ajax, de Cruyff.

Essa talvez tenha sido a melhor chance do Cagliari de brilhar no cenário internacional. Todavia, outra oportunidade aconteceu em 1993-1994, desta vez na Copa UEFA.

Depois de encerrar a temporada anterior do italiano na 6ª posição, o clube sardo se garantiu no torneio mais uma vez. A exemplo da antiga Copa dos Campeões, essa também não tinha fase de grupos.

Todas as etapas daquela Copa UEFA foram realizadas em jogos de ida e volta. Da estreia até as quartas, o Cagliari eliminou o Dínamo Bucarest, Trabzonspor e Mechelen.

Nas quartas, surgiu o grande desafio: a Juventus, que na época contava com Baggio, Conte e o jovem Del Piero. No jogo de ida, atuando como mandante, o Cagliari venceu pelo placar mínimo de 1×0. Na volta, contudo, a Juve chegou a abrir o placar aos 23, mas sofreu a virada por 2×1 e viu o time sardo seguir para as semis.

Quis o destino que outro gigante italiano entrasse no caminho rossoblù: a Internazionale, de Denis Bergkamp. Na ida, o Cagliari chegou a sonhar com a final inédita ao vencer em casa por 3×0. Entretanto, os 3×0 que a Inter aplicou no retorno acabaram interrompendo o sonho do time da ilha da Sardegna.

Naquele ano, a Inter acabaria vencendo a Copa UEFA, com Bergkamp de artilheiro máximo da competição.

Comentários

Comentários